Parede com textura: 3 dicas para usar na decoração da casa

Na hora de decorar a casa, as paredes são quase sempre as primeiras coisas nas quais nos concentramos. Que cor usar, o que pendurar? Uma das formas de fugir do óbvio e usar a criatividade é optar por uma parede com textura.

Além de inovadora, essa opção ajuda a disfarçar imperfeições. Mas você sabe a forma certa de usá-la na decoração da casa? Não se preocupe, porque o post foi preparado especialmente para você! Continue a leitura e fique por dentro do assunto.

1. Defina o material

Até pouco tempo atrás, se quisesse dar textura a uma parede, você precisava aplicar uma massa corrida ou gesso e, depois, usar espátulas e outras ferramentas. Hoje, há diversos materiais que facilitam o trabalho e apresentam resultados surpreendentes.

Você pode escolher entre a tradicional massa corrida, o grafiato, camurça, couro, linho, cimento queimado, aço escovado, bambu, placas laminadas que lembram madeira, papel de parede com relevo ou rolos especiais já desenhados.

Escolha qual material mais combina com o seu estilo e com o ambiente que será decorado. Mas se você não tem tanta experiência no assunto, considere também a praticidade para aplicá-lo e na sua manutenção.

2. Prepare a parede e o ambiente

Antes de começar a fazer a texturização, prepare a parede lixando-a e limpando-a bem com um pano úmido para retirar poeira. Se estiver engordurada, utilize um produto próprio para retirar a gordura e, então, deixe a parede secar completamente.

Se for utilizar tinta, massa corrida, cola ou outro material para fixar a textura, forre o piso com jornais ou sacos plásticos para protegê-lo. Utilizando fitas crepes largas, faça o mesmo com rodapés, portas, janelas e interruptores de luz.

3. Entenda como aplicar

Para cada tipo de textura, há uma forma de aplicação. Para não ter erro, opte pela mais prática para você! A seguir, veja exatamente como fazer a aplicação e do que você vai precisar:

Rolo

Uma das mais formas mais simples de criar textura é usar um rolo já desenhado para esse fim. A aplicação pode ser feita diretamente com tinta, na parede lisa, ou com massa corrida, que confere relevo.

No primeiro caso, evite passar o rolo muitas vezes para não retirar a tinta e nem estragar o desenho. Já no segundo, você deve passar o rolo em cima da massa corrida ainda fresca, para depois pintar.

Papel de parede

O mercado está recheado de modelos de papel de parede texturizados, com detalhes metalizados, imitação de couro ou madeira etc. Escolha o que mais combina com o estilo e as cores da sua decoração e aplique com cuidado.

Cole uma das extremidades do rolo com calma, com o auxílio de uma espátula ou de uma flanela. Vá colando na vertical, de cima para baixo, e alisando o papel lentamente. Siga o desenho quando fizer as emendas!

Cimento queimado

Tendência de decoração, o cimento queimado não requer grande dificuldade na aplicação, mas sua execução leva bastante tempo.

Aplique uma primeira demão de massa com efeito cimento queimado, de aproximadamente 2mm de espessura, em movimentos aleatórios. Espere secar por 6 horas. Em seguida, aplique outras duas demãos seguindo as mesmas recomendações, sempre em direções aleatórias.

Para um efeito mais rústico, lixe com lixa fina 24 horas após!

Massa corrida

A massa corrida deve ser aplicada com o auxílio de uma desempenadeira metálica lisa, de cima para baixo e das bordas para o meio. Logo após, com ela ainda fresca, dê o efeito desejado.

Você pode usar espátulas, escovas desempenadeiras dentadas, esponjas e outros materiais. Pinte depois de seca!

Além das dicas que demos aqui, existem muitas outras formas de decorar uma parede com textura — basta usar sua criatividade. Apenas procure não exagerar, e combine o efeito com outra parede lisa de cor aproximada ou neutra.

Gostou de conhecer as possibilidades da parede com textura? Para se inspirar ainda mais, confira também nosso post sobre as cores de 2017!

Share Button
spacer

Leave a reply