Lareiras Ecológicas

Nos dias frio não tem nada melhor do que ficar bem quentinho, não é mesmo? E uma boa maneira de aproveitar esses dias é acender a lareira, fazer um bom café e aproveitar a companhia da família ou um bom livro!
Mas…como é? Lareira? Sim no Brasil há regiões com frio elevado e habitual, mas também regiões de frio esporádico, experimente viver em São Paulo onde existem pelo menos três estações por dia!
Mas enfim nós vamos falar hoje sobre lareiras, seus tipos e como podem deixar seus ambientes ainda bonitos e aconchegantes!

Quando pensamos em Lareira logo nos vem a mente, uma chaminé, fogo e lenha estalando, bem de certa forma estamos certos mas atualmente as lareiras evoluíram muito e hoje
possuem aplicações não só praticas como estéticas, atualmente são dividas em dois tipos, a tradicional(movida a lenha) e as ecológicas dividas em 2 subgrupos: elétrica e movidas a álcool ou etanol.

Lareira Tradicional

Este tipo de lareira é composta pela seguinte estrutura:
Câmara de fogo ou Caixa – basicamente é a boca da lareira, podendo ter um tamanho variável, sua finalidade é basicamente jogar o ar quente para o piso( pois a ar quente é mais leve e tende a subir).
Coifa e Duto – Situada acima da caixa de fogo, tem a função de capturar a fumaça gerada pela madeira e impedir a entrada do ar frio externo.
Chaminé – situada no telhado tem a função de expelir a fumaça capturada pela coifa.

Estrutura de duto e coifa

 

Entre os tipos de lareira é que possui menor eficiência térmica pois metade do calor é dissipado pela chaminé, e requer maior manutenção e cuidado.

Lareira Ecológica

A palavra atual é sustentabilidade, e nessa onda surgiram as lareiras “verdes”, sejam elas elétricas, a gás ou a álcool, a principal vantagem em relação a tradicional é sua eficiência térmica, além do fato mais baratas e necessitarem de menor manutenção, podem ser facilmente trocadas e incluídas nos mais diversos ambientes, pois muitas são portáteis!

Lareira Ecólógica Loa

 

Lareira Elétrica

Esse tipo de lareira tem uma incrível facilidade de uso, o sistema funciona basicamente como um aquecedor onde a hélice empurra o ar contra uma resistência elétrica aquecendo o ar, é a mais segura também pois não apresenta fogo real, já que este e feito usando imagens em 3d!
Nesse tipo tudo que você precisa para utilizar é uma tomada, mais simples impossível!

Lareira Ecológica elétrica

 

Lareira a Álcool

Também conhecida com lareira ecológica, é a grande aposta do mercado atual, não geram fumaça, aproveitam praticamente todo o calor gerado, tem manutenção praticamente zero, e o melhor tem diversos
tamanhos o que favorece o usos nos mais variados ambientes, sua estrutura é composta basicamente por um queimador e uma base, sendo possível usar apenas o queimador, para personalizar o ambiente!
Características da lareira a álcool:

  • não deixa odor
  • não necessita de instalação ou manutenção específica
  • baixo consumo, e alta eficiência térmica

 

Limpeza e Manutenção Básica

Primeiro é necessário alguns cuidados. Sempre que for limpar, espere a lareira esfriar. Para higienizar as estruturas metálicas, evite produtos químicos corrosivos e use sempre um pano umedecido para não estragar. Aproveite o processo e veja se há algum problema, como uma rachadura, neste caso procure uma empresa que possa fazer o conserto o quanto antes, assim você evita acidentes domésticos.

Lareiras tradicionais

Por usar carvão e/ou lenha, a limpeza desse tipo de lareira é um pouco mais trabalhosa. Primeiro, deve-se tirar as cinzas acumuladas –pode deixar as de madeira, pois servem de base para o fogo durante o inverno – com uma pá ou aspirador de pó e colocá-las em um recipiente de metal (plástico pode queimar). Em seguida, lave a área ao redor com uma escova ou pano – dependendo do material usado na lareira – e limpe as saídas de ar, que se entupidas podem afetar a performance do equipamento.

Lareiras a gás, elétricas e a álcool

Como esses dois modelos não queimam madeira nem fuligem, a manutenção é bem mais fácil. No caso da elétrica, a limpeza pode ser feita com um pano para tirar o excesso de poeira; mas é importante ver se o sistema elétrico está em bom estado e se há sobrecarga de energia – o que pode estragar o aparelho.

Para limpar a lareira a gás, lembre-se de desativar a chama piloto antes. Então use escovas, panos e pinceis para higienizar os queimadores, controladores, grades e toras (se houver).

O modelo a álcool também pode ser limpo somente com pano e detergente, evitando o uso de químicos abrasivos para não danificar a lareira. O tampo do queimador pode ficar amarelo com o tempo, mas isso é normal.

Mais simples do que o imaginado, não? Com essas dicas, dá para deixar a lareira pronta para as estações frias do ano e também prolongar a vida útil delas. Cuide bem dela para aproveitar o ano inteiro conforto e segurança.

 

 

Gostou?Visite nosso site e veja nosso catálogo

Share Button
spacer

Leave a reply