Eero Saarinen

Eero Saarinen

Eero e Eliel Saarinen
Eero e Eliel Saarinen

Um dos maiores arquitetos e designers do século XX, Eero Saarinen (1910-1961) nasceu em Helsinki mais precisamente no município de Kirkkonummi, situado no sul da Finlândia. Emigrou para os EUA com sua família em 1923. Estudou escultura em Paris, depois se formou em Arquitetura na Universidade Yale em 1934. Após um curto período na Europa, retornou à Bloomfield Hills e iniciou sua atividade como docente na Cranbrook Academy of Art em 1936, onde seu pai (famoso arquiteto finlandês Eliel Saarinen) foi o primeiro presidente, tornou-se seu sócio formando a “Saarinen and Saarinen”, atuando em conjunto em inúmeros projetos até a morte de Eliel em 1950.

 

 

Charles Eames e Eero Saarinen

Em 1937, Saarinen conheceu e iniciou uma parceria com Charles Eames, rapidamente se tornaram grandes amigos, incentivando um ao outro de forma criativa, criaram diversos produtos que foram premiados varias vezes no MOMA (The Museum Of Modern Art). Em 1954, casou-se com a segunda esposa, com a qual teve um filho com nome Eames, em homenagem ao amigo e colaborador Charles Eames.

Desenhou, também, vários móveis para a Knoll International com grande sucesso, entre eles a coleção Womb (1947-1948) e a coleção Pedestal, com a famosa cadeira Tulipa (1955-1956) e que hoje é amplamente conhecida por seu sobrenome.

 

saarinen-tulip-stool767-high-b
Linha Saarinen

 


Poltrona Womb
Poltrona Womb

Essa cadeira foi criada a partir de um desafio proposto por Florence Knoll para Eero Saarinen. Ele deveria fazer uma cadeira em que ela pudesse se enrolar dentro e se aconchegar com conforto onde se sentisse protegida e envolvida como um bebe no ventre da mãe. Ainda bem que ela lançou o desafio pra pessoa certa assim surgiu a poltrona Womb Chair.  A poltrona do ventre. Com formas modernas é projetada para facilitar uma postura relaxada, proporcionando conforto físico e emocional.

Poltrona Womb
Poltrona Womb


Eero_Saarinen_with_Gateway_Arch_Model
Eero Saarinen – Projeto Gateway Arch 1957

Mas é a partir de 1947 que Eero Saarinen começa a se destacar ao ganhar o concurso de arquitetura para o “Jefferson National Expansion Memorial” em St. Louis, tendo oportunidade de fazer um trabalho não só aos Estados Unidos, mas também à era moderna. Para tal considerou que fazer um arco seria o mais adequado, tanto do ponto de vista formal como simbólico, à semelhança do projeto proposto pelo arquiteto italiano Adalberto Libera para a Exposição Universal de Roma, em 1942. O arco era constituído por uma curva parabólica com 162 metros, tendo sido construído só em 1963.

St_Louis_night_expblend_cropped
The Gateway Arch – Janeiro 2008

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Além do Gateway Arch de várias outras obras fantásticas, Eero Saarinen projetou o terminal da TWA, no aeroporto JFK, de Nova York, em 1956. A enorme abóbada foi construída despejando concreto em moldes elaborados de madeira, formando a estrutura. O terminal levou 6 anos para ser construído e fez o nome da TWA durante o período por seu design arrojado e invador, colocando a TWA à frente das outras companhias aéreas.

tumblr_mijir3WRAs1rgyexso1_1280
terminal da TWA, no aeroporto JFK, de Nova York, em 1956

Apesar de sua carreira ter sido curta, interrompida por sua morte precoce aos 51 anos, em 1961, certamente ele foi um dos mestres mais ousados da arquitetura e do design e deixou uma grande marca no século 20, que se estendeu para o 21 e você encontra suas obras em nossa loja.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *